A filha da putisse do mercado e das agências.

O título e texto são devidos a tamanha ignorância no cenário atual, quando diz respeito á agências, clientes, contratos e trabalho.

Ainda não tenho a minha empresa, mas tive a oportunidade de trabalhar em algumas poucas onde sempre fui bastante observador e procurava propor idéias inovadoras, dinâmicas, definição de padrões, normas, etc.. e sempre procurei onde poderíamos melhorar para que tivéssemos “vida longa”. Acredito que a mudança seja essencial em qualquer empresa, entenda mudança não como contratações de novos profissionais e demissões em massa, mas como renovar, abolir e criar práticas onde essa constante mudança nos tira da zona de conforto e sempre nos faz pensar de maneira diferente.

Atualmente trabalho como freelancer e pra ser sincero não estou nenhum pouco arrependido, muito pelo contrário, hoje sou mais feliz e não perdi meu costume de sempre ter uma visão de empresa (digo visão de empresa por conta do parágrafo anterior), e agora que não tenho aquela obrigação de ter que ir para uma empresa todo santo dia, consigo ter experiências diversas com várias outras em que faço parcerias e melhoro ainda mais a minha visão criteriosa e isso só me faz perceber o quanto o mercado de recife é filho da puta!

image-01

Existem mais agências ruins que Big Ben e igrejas do reino de Deus; e pra piorar elas estão ganhando dinheiro!

É super normal as agências e empresas não terem um planejamento, não terem um fluxo e nem se quer um padrão para trabalharem, apenas definem hora de chegada, te dão um contrato (as vezes) pra você assinar, onde lá está descriminado de forma bonita que irão te sugar até você ficar anoréxico e te mandam trabalhos, trabalhos e mais trabalhos, te dando de consolo uma bela pizza do seu sabor preferido!

Onde estão os erros?

Documentação e padrões.

Se eu tenho um profissional trabalhando como desenvolvedor, designer ou qualquer área de tecnologia da minha empresa, amanhã ou depois esse cara pode não está comigo, ou se eu tenho 10 pessoas e mês que vem tenho 20, como ficam os novatos? como ficam os padrões da empresa? se meu chefe decide saber quais metodologias adotamos como eu vou dizer a ele? Ai está o ponto chave!

A importância de se ter uma documentação, de se criar padrões de ter isso documentado é fundamental para qualquer empresa e para o time. A documentação vai conter toda a alma do negócio, é nela que a equipe vai definir o que vai usar, como vão escrever os código e construir os mockups, quais as ferramentas vão usar, como vai ser a comunicação, testes, controle de versão, comentários no código, criação do style-guide, etc.. Isso não é só pra ficar bonitinho não, quando for amanhã que você tiver mais um membro na equipe, é só entregar pro cara os padrões, ele lê, entende e no outro dia já começa a todo vapor na equipe, sem precisar de um treinamento, sem precisar sacrificar um cara do grupo pra explicar ao novato como funcionam as coisas.

Contrato.

O contrato só não deve conter as cláusulas que asseguram que o cliente vai lhe pagar não, é preciso conter uma coisa muito importante chamada retrabalho. Cansei de receber a notícia do meu chefe de que boa parte do que eu fiz vai ter que ser mudado porque o cliente quer trocar algumas coisas, e quando você vai ver, aquilo vai tomar muito mais tempo e o prazo não foi alterado, lhe restando pedir aquela pizza..

Então inclua uma cláusula no seu contrato informando que qualquer alteração após o acordado mediante a assinatura, terá que ser reavaliada para mensurar tempo e esforço e consequentemente valor. Lhe garanto que isso vai fazer o cliente pensar duas, três ou até cinco vezes antes de pedir pra remover aquela sessão e incluir outra.

Contato, prazos e entregas.

Mantenha o contato com o seu cliente e deixe tudo registrado, de preferência mantenha tudo documentado, com as datas que você entrou em contato e ele não te respondeu, ou vice-versa. Defina entregas por períodos assim ele consegue ver como está sendo a evolução do projeto, e te dar um feedback mais rápido. Cumpra os prazos que você prometeu, cansei de ver muita gente não cumprindo prazos e frustrando a expectativa do cliente, e no final sobra pro time que tem que correr pra entregar antes que o cara desista.

Não defina prazos absurdos, seus prazos devem ser acordados com sua equipe, não é você quem vai fazer o projeto, são seus funcionários, então você não sabe quanto tempo o cara leva pra fazer um hotsite, antes de definir o prazo com o cliente, defina com seu time, pergunte o porque caso o prazo seja muito grande, mas nunca defina prazos sem falar com sua equipe.

Reuniões.

Uma das coisas mais importantes são as reuniões porque ela é a sua ligação com o cliente, onde ele vai dizer o problema que tem e onde deseja chegar. Eu sempre gostei de participar de reuniões, anotava tudo, prestava atenção em cada detalhe pra quem não me passasse nada e conseguisse passar pro resto do time o que foi acordado, decidido e falado na reunião, como costume gostava de escrever um e-mail com o resumo do que rolou e mandar para todos os que estavam lá para que ficassem ciente do que foi acordado, isso é uma forma de documentar.

Procure 1 ou 2 pessoas no seu time e leve para a reunião com o cliente, se tiver uma pessoa que entenda e saiba o que é possível fazer ou não tanto no design como na programação esta pessoa é perfeita. Nada melhor do que ter alguém que entende de problemas para ir a uma reunião, evite levar o seu sócio, só porque ele é bonitão e tem um carro do ano, ele não vai entender do que se trata e ainda vai dizer sim para tudo, nomeie um profissional dentro do time que seja capaz de coletar as informações do cliente e passar para todos do time, seu produto sairá com uma qualidade bem melhor, isso eu falo por experiência própria.

Investimento.

Existem empresas que estão nem aí pro funcionário e as vezes nem aí pra empresa também; não pense que seu facebook arrumadinho, com um belo avatar e uma capa show feita em 3d vai te trazer mais clientes e fazer você a melhor empresa do ramo. Tenha um site, tenha um domínio, e-mails personalizados para cada pessoa e/ou setor da empresa, assinatura no e-mail personalizada com a marca e informações trazem mais credibilidade. Não só se preocupe com isso, se preocupe com a qualidade de trabalho do seu funcionário e também com seus problemas pessoais. Procure levar pro seu profissional momentos diferentes, lhe ofereça alguns benefícios como um curso de inglês, tente fazer parcerias com cursos e consiga descontos pro time, promova workshops dentro da empresa, hackatons, até mesmo uma sexta-feira da cerveja/almoço, movimente o seu time pra sempre tá aprendendo coisa nova, isso faz uma diferença enorme, pode ter certeza, em poucas palavras eu diria: invista no seu profissional.

Não!

Tenha alguém capaz de revisar e testar tudo que está sendo feito, tenha uma imagem boa na internet, produza conteúdo, tenha um bom site, observe os erros de ortografia e concordância nos textos dos seus projetos, revise e teste tudo, se possível até quatro vezes antes de mandar pro seu cliente, nunca se esqueça de que aquele projeto pode ser a porta para vários outros, mantenha qualidade nos seus trabalhos. Personalize o seu atendimento, o cliente gosta de se sentir único, invista no marketing da sua empresa, crie cartões de visitas para o seu time, não é só você e seu sócio que levam o nome da empresa, crie um painel personalizado pro cliente onde ele possa ter acesso e ver como está ficando o projeto, nunca mande urls de terceiros por e-mail, tente deixar ele na sua plataforma para se sentir único, e o principal de tudo, saiba dizer não.

Eu sei e até entendo que dinheiro não está fácil pra ninguém, mas também sei que dinheiro é consequência de um bom trabalho e que não vem da noite pro dia, então se você quer abrir uma agência, empresa ou qualquer coisa do gênero, pelo amor de Deus não pense em dinheiro, pense em qualidade, dinheiro é consequência.

image-02

Network.

Tem um ditado certo, que todo mundo deveria levar pro resto da vida que é: “o mundo gira, o mundo é uma bola” pense numa coisa que é certa!

Sabe o que me deixa mais chateado? É a empresa colocar nas redes sociais um anúncio de vaga, uma pessoa se candidata e as vezes a empresa nem manda um e-mail: “Recebi seu e-mail, em breve entraremos em contato”, muitas vezes não te respondem e o pior de tudo é iniciam uma conversa com você e em algum momento perguntam: qual sua pretenção? Você diz e eles somem; HAHAHAHAHAHAHAHHAAHAHA! É muito cômico pra não dizer o contrário, nem ao menos te retornam falando algo ou dizendo que seu valor não está no orçamento, etc.. Mas não sabem eles que o mundo gira, amanhã podem está atrás de você pra ajudar eles em algum problema, ou você se destaca demais e eles querem você no time.

No início do ano participei de uma seleção, onde fiquei na semi-final e a turma me avaliou, rolou uma reunião pelo Skype e eles me falaram os pontos fortes, fracos, onde eu podia melhorar, onde eu me destaquei, etc.. Cara isso não tem pagamento, você participar de uma seleção, não ficar e ainda te falarem onde você pode melhorar é fantástico, pena que são poucas empresas que fazem isso, outra vez foi um e-mail que mandei, as vagas tinham encerrado e o cara me respondeu, pode parecer uma besteira pra alguns mas o feeback pro profissional é importante, pense nisso.

Esses foram alguns dos pontos que venho percebendo e que não são em uma, duas ou três empresas, são várias, muitas e conto nos dedos das mãos as que se preocupam com os pontos citados e sei que elas existem por experiência própria. Você pode ter pensado agora: “Mas não é só em Recife, na cidade x também é!” pois é, eu não conheço a cidade x, então falo da que conheço. Caso tenha algo parecido na sua cidade, gostaria muito de ver um reply seu.